Só a nossa concepção de tempo nos faz nomear o Juízo Final com essas palavras; na realidade é um tribunal permanente.


só-a-nossa-concepção-de-tempo-nos-faz-nomear-o-juízo-final-com-essas-palavras-na-realidade-é-um-tribunal-permanente
franz kafkanossaconcepãodetemponosfaznomearjuízofinalcomessaspalavrasnarealidadeumtribunalpermanentenossa concepçãoconcepção dede tempotempo nosnos fazfaz nomearnomear oo juízojuízo finalfinal comcom essasessas palavrasna realidaderealidade éé umum tribunaltribunal permanentesó a nossaa nossa concepçãonossa concepção deconcepção de tempode tempo nostempo nos faznos faz nomearfaz nomear onomear o juízoo juízo finaljuízo final comfinal com essascom essas palavrasna realidade érealidade é umé um tribunalum tribunal permanentesó a nossa concepçãoa nossa concepção denossa concepção de tempoconcepção de tempo nosde tempo nos faztempo nos faz nomearnos faz nomear ofaz nomear o juízonomear o juízo finalo juízo final comjuízo final com essasfinal com essas palavrasna realidade é umrealidade é um tribunalé um tribunal permanentesó a nossa concepção dea nossa concepção de temponossa concepção de tempo nosconcepção de tempo nos fazde tempo nos faz nomeartempo nos faz nomear onos faz nomear o juízofaz nomear o juízo finalnomear o juízo final como juízo final com essasjuízo final com essas palavrasna realidade é um tribunalrealidade é um tribunal permanente

A tentação permanente da vida é confundir os sonhos com a realidade. A derrota permanente da vida vem quando os sonhos são entregues à realidade.Deus é bom. Se essas três palavras juntas consagrar em nossa mente, coração e alma, então não nunca é preocupação, ansiedade ou medo do fracasso em nossa vida.Eu não vou tomar essa atitude derrotista e ouvir toda essa porcaria mais de todas essas pessoas que não têm nada a não ser juízo final de prever.A nossa atitude espiritual é determinado por nossa concepção de nossa relação com espírito infinito.O resultado final da nossa vida é determinada pelo modo como vivemos nosso capítulo final, como nós trazemos nossa vida até a conclusão.Tudo mais, que aprendemos de ouvido ou que aprendemos nos livros, se evapora com o tempo e desaparece; só essas liçãµes, que nos entraram pelos olhos e nos espalharam n'alma as suas raízes, só essas conservaremos por toda a vida e levaremos conosco para a sepultura.