Quando moços, dispensamos muito facilmente o espírito na beldade que amamos e o bom senso nos talentos que admiramos.


quando-moços-dispensamos-muito-facilmente-o-espírito-na-beldade-amamos-e-o-bom-senso-nos-talentos-admiramos
charles saint-beuvequandomoosdispensamosmuitofacilmenteespíritonabeldadeamamosbomsensonostalentosadmiramosquando moçosdispensamos muitomuito facilmentefacilmente oo espíritoespírito nana beldadebeldade queque amamosamamos eo bombom sensosenso nosnos talentostalentos queque admiramosdispensamos muito facilmentemuito facilmente ofacilmente o espíritoo espírito naespírito na beldadena beldade quebeldade que amamosque amamos eamamos e oe o bomo bom sensobom senso nossenso nos talentosnos talentos quetalentos que admiramosdispensamos muito facilmente omuito facilmente o espíritofacilmente o espírito nao espírito na beldadeespírito na beldade quena beldade que amamosbeldade que amamos eque amamos e oamamos e o bome o bom sensoo bom senso nosbom senso nos talentossenso nos talentos quenos talentos que admiramosdispensamos muito facilmente o espíritomuito facilmente o espírito nafacilmente o espírito na beldadeo espírito na beldade queespírito na beldade que amamosna beldade que amamos ebeldade que amamos e oque amamos e o bomamamos e o bom sensoe o bom senso noso bom senso nos talentosbom senso nos talentos quesenso nos talentos que admiramos

Quando amamos, admiramos com o coração. -Anónimo
quando-amamos-admiramos-com-o-coração
Os filmes que amamos e admiramos são, em certa medida, uma função de quem somos quando os vemos.
os-filmes-amamos-e-admiramos-são-em-certa-medida-uma-função-de-quem-somos-quando-os-vemos