Portanto,


portanto-é-uma-palavra-o-poeta-não-deve-saber
portantoumapalavrapoetanãodevesaberé umauma palavrapalavra oo poetapoeta nãonão devedeve saberé uma palavrauma palavra opalavra o poetao poeta nãopoeta não devenão deve saberé uma palavra ouma palavra o poetapalavra o poeta nãoo poeta não devepoeta não deve saberé uma palavra o poetauma palavra o poeta nãopalavra o poeta não deveo poeta não deve saber

O poeta superior diz o que efectivamente sente. O poeta médio diz o que decide sentir. O poeta inferior diz o que julga que deve sentir. Nada disto tem que ver com a sinceridade. Em primeiro lugar, n...O poeta superior diz o que efectivamente sente. O poeta médio diz o que decide sentir. O poeta inferior diz o que julga que deve sentir.Uma vez solta uma palavra, já não pode alcançá-la nem um cavalo a galope. Cuidado, portanto, com o que se dizNão gosto até da palavra espectador. Ou melhor, da palavra eu gosto. Não gosto é do público, da palavra Sempre pensei que um homem que pretende casar, ou deve saber tudo ou não deve saber nada.PROMESSA é apenas uma palavra. Significado não mais profundo. Portanto, não dependem de promessas, porque é melhor ser surpreendido do que se decepcionar.