Pesa-nos a autoridade, atrofia-nos a disciplina, seduz-nos o hiper-criticismo por motivos fúteis, parece-nos salutar entretenimento descartar homens e destruir governos.


pesa-nos-a-autoridade-atrofia-nos-a-disciplina-seduz-nos-o-hiper-criticismo-por-motivos-fúteis-parece-nos-salutar-entretenimento-descartar-homens-e
antónio de oliveira salazarpesanosautoridadeatrofianosdisciplinaseduznoshipercriticismopormotivosfúteisparecenossalutarentretenimentodescartarhomensdestruirgovernosmotivos fúteissalutar entretenimentoentretenimento descartardescartar homenshomens ee destruirdestruir governospor motivos fúteissalutar entretenimento descartarentretenimento descartar homensdescartar homens ehomens e destruire destruir governos

Nós lutamos. Nós xingar. Nós beijamos. Nós abraçar. Nós texto. Nós falamos. Argumentamos. Nós rimos. Nós sorrimos. Nós amamos. Isso é apenas nós ..A aptidão para a felicidade não é igual em todos os homens. Ao que me parece, ela é mais forte nos medíocres, do que nos homens superiores e nos imbecis.Aqui está um carro novo, um novo iPhone. Nós compramos. Nós descartar. Nós comprar novamente. Nos últimos anos, temos vindo a fazê-lo mais rápido.Nunca acreditei na tradicional metáfora que compara a vida com um rio que nos leva, antes me parece que se o tempo nos empurra o faz enquanto nos trespassa, nos desgasta, nos transforma de cima a baixo.Só quando comemos-se neste planeta Deus vai nos dar outra. Nós vamos ser lembrado mais por aquilo que destruir do que o que nós criamos.Qual o melhor dos governos? Aquele que nos ensina a governarmo-nos a nós próprios.