O pobre prefere um copo de vinho a um pão, porque o estã´mago da miséria necessita mais de ilusãµes que de alimento


o-pobre-prefere-um-copo-de-vinho-a-um-pão-porque-o-ã´mago-da-miséria-necessita-de-ilusãµes-de-alimento
georges bernanospobreprefereumcopodevinhopãoporqueestã´magodamisérianecessitailusãµesalimentoo pobrepobre prefereprefere umum copocopo dede vinhoum pãoporque oo estã´magoestã´mago dada misériamiséria necessitanecessita maismais dede ilusãµesilusãµes queque dede alimentoo pobre preferepobre prefere umprefere um copoum copo decopo de vinhovinho a uma um pãoporque o estã´magoo estã´mago daestã´mago da misériada miséria necessitamiséria necessita maisnecessita mais demais de ilusãµesde ilusãµes queilusãµes que deque de alimentoo pobre prefere umpobre prefere um copoprefere um copo deum copo de vinhode vinho a umvinho a um pãoporque o estã´mago dao estã´mago da misériaestã´mago da miséria necessitada miséria necessita maismiséria necessita mais denecessita mais de ilusãµesmais de ilusãµes quede ilusãµes que deilusãµes que de alimentoo pobre prefere um copopobre prefere um copo deprefere um copo de vinhocopo de vinho a umde vinho a um pãoporque o estã´mago da misériao estã´mago da miséria necessitaestã´mago da miséria necessita maisda miséria necessita mais demiséria necessita mais de ilusãµesnecessita mais de ilusãµes quemais de ilusãµes que dede ilusãµes que de alimento

O pobre prefere um copo de vinho a um pão, porque o estã´mago da miséria necessita mais de ilusãµes que de alimento. -Georges Bernanos
o-pobre-prefere-um-copo-de-vinho-a-um-pão-porque-o-ã´mago-da-miséria-necessita-de-ilusãµes-de-alimento
O pobre prefere um copo de vinho a um pão, porque o estômago da miséria necessita mais de ilusões que de alimento. -Georges Bernanos
o-pobre-prefere-um-copo-de-vinho-a-um-pão-porque-o-ômago-da-miséria-necessita-de-ilusões-de-alimento
Como o pão alimenta o estã´mago, assim o estudo alimenta a mente. -Werner Sombart
como-o-pão-alimenta-o-ã´mago-assim-o-estudo-alimenta-a-mente
O prazer imediato é como elixir paregórico, é vendido em doses escassas prometendo alívio, mas oferece um pobre e insignificante barato que deixa uma tremenda queimação no estã´mago. -Palumbo
o-prazer-imediato-é-como-elixir-paregórico-é-vendido-em-doses-escassas-prometendo-alívio-mas-oferece-um-pobre-e-insignificante-barato-deixa-uma
Eu sempre soube que a importância do mesmo, desde que eu tinha três ou quatro anos de idade minha mãe costumava me alimentar vinho e água. Eu cresci com vinho como alimento líquido.
eu-sempre-soube-a-importância-do-mesmo-desde-tinha-três-quatro-anos-de-idade-minha-mãe-costumava-me-alimentar-vinho-e-água-eu-cresci-com
A música é o vinho que enche o copo do silêncio. -Robert Fripp
a-música-é-o-vinho-enche-o-copo-do-silêncio