O nosso amor a gente inventa para se distrair e quando acaba, a gente pensa que ele nunca existiu.


o-nosso-amor-a-gente-inventa-para-se-distrair-e-quando-acaba-a-gente-pensa-ele-nunca-existiu
cazuzanossoamorgenteinventaparasedistrairquandoacabapensaelenuncaexistiuo nossonosso amorgente inventainventa parapara sese distrairdistrair ee quandoquando acabagente pensapensa queque eleele nuncanunca existiuo nosso amoramor a gentea gente inventagente inventa parainventa para separa se distrairse distrair edistrair e quandoe quando acabaa gente pensagente pensa quepensa que eleque ele nuncaele nunca existiunosso amor a genteamor a gente inventaa gente inventa paragente inventa para seinventa para se distrairpara se distrair ese distrair e quandodistrair e quando acabaa gente pensa quegente pensa que elepensa que ele nuncaque ele nunca existiuo nosso amor a gentenosso amor a gente inventaamor a gente inventa paraa gente inventa para segente inventa para se distrairinventa para se distrair epara se distrair e quandose distrair e quando acabaa gente pensa que elegente pensa que ele nuncapensa que ele nunca existiu

Meta, a gente busca. Caminho, a gente acha. Desafio, a gente enfrenta. Vida, a gente inventa. Saudade, a gente mata. Sonho, a gente realiza.Tem gente que sente o que a gente sente e passa isto docemente. Tem gente que vive como a gente vive, tem gente que fala e nos olha na face, tem gente que cala e nos faz olhar. Toda essa gente que convive com a gente, leva da gente o que a gente teme passa a ser gente dentro da gente. Um pedaço da gente em outro alguém.A gente nunca devia contar nada a ninguém. Mal acaba de contar, a gente começa a sentir saudade de todo mundo.O que a gente gosta, a gente guarda. Quem ama a gente, a gente cuida. E pro resto a gente mostra a língua.A gente não supera o nosso sentimento por alguém colocando outra pessoa no lugar. A gente acaba fazendo uma pessoa que não tem nada a ver sofrer ã toa.A gente pensa que é livre pra falar tudo que pensa mas a gente sempre pensa um pouco antes de falar.