O dever é o que se espera dos outros, não o que se espera de si mesmo.


o-dever-é-o-se-espera-outros-não-o-se-espera-de-mesmo
oscar fingall o'flahertie wills wildedeverseesperaoutrosnãodemesmoo deverdever éque sese esperaespera dosdos outrosnão oque sese esperaespera dede sisi mesmoo dever édever é oo que seque se esperase espera dosespera dos outrosnão o queo que seque se esperase espera deespera de side si mesmoo dever é odever é o queé o que seo que se esperaque se espera dosse espera dos outrosnão o que seo que se esperaque se espera dese espera de siespera de si mesmoo dever é o quedever é o que seé o que se esperao que se espera dosque se espera dos outrosnão o que se esperao que se espera deque se espera de sise espera de si mesmo

Nunca interromper a sua espera com compromisso. Simplificando, a espera não acabou até que o está esperando fazer.O que não se espera acontece com mais frequência do que o que se espera.Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos.Espera... espera... ó minha sombra amada... Vê que para além de mim já não há nada e nunca mais me encontras neste mundo!...É incerto o lugar onde a morte te espera; espera-a, pois, em todos os lugares.Amigos... eles apreciam espera-se uns aos outros. Eles são gentis uns com os sonhos dos outros.