O amor é a ilusão de que uma mulher difere de outra


o-amor-é-a-ilusão-de-uma-mulher-difere-de-outra
amorilusãodeumamulherdifereoutrao amorilusão dede queque umauma mulhermulher diferedifere dede outrao amor éé a ilusãoa ilusão deilusão de quede que umaque uma mulheruma mulher diferemulher difere dedifere de outraamor é a ilusãoé a ilusão dea ilusão de queilusão de que umade que uma mulherque uma mulher difereuma mulher difere demulher difere de outrao amor é a ilusãoamor é a ilusão deé a ilusão de quea ilusão de que umailusão de que uma mulherde que uma mulher difereque uma mulher difere deuma mulher difere de outra

Amor: A ilusão de que uma mulher difere de outraO amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende. O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária. A ilusão é bonita. Não faz mal. Que se invente e minta e sonhe o que se quiser. O amor é uma coisa, a vida é outra. A realidade pode matar. O amor é mais bonito que a vida. A vida que se lixe.Uma ilusão de amor cura-se com outra do mesmo género.O amor é a ilusão de que um homem ou uma mulher é diferente do outro.Eu vi uma mulher dormindo. Em seu sono sonhou a vida parada diante dela, e em cada mão um presente - em uma o amor, na outra liberdade. E disse ã mulher, 'Escolha!Procuramos preencher o vazio da nossa individualidade e por um breve momento desfrutamos da ilusão de estar completos. Mas é só uma ilusão. O amor une e depois divide.