O que a gente gosta, a gente guarda. Quem ama a gente, a gente cuida. E pro resto a gente mostra a língua.


o-a-gente-gosta-a-gente-guarda-quem-ama-a-gente-a-gente-cuida-e-pro-resto-a-gente-mostra-a-língua
cassia ellergentegostaguardaquemamagentecuidaprorestomostralínguagente gostagente guardaquem amagente cuidae propro restogente mostraque a gentea gente gostaa gente guardaama a gentea gente cuidae pro restoresto a gentea gente mostramostra a línguao que a genteque a gente gostaquem ama a gentepro resto a genteresto a gente mostragente mostra a línguao que a gente gostae pro resto a gentepro resto a gente mostraa gente mostra a língua

Tem gente que sente o que a gente sente e passa isto docemente. Tem gente que vive como a gente vive, tem gente que fala e nos olha na face, tem gente que cala e nos faz olhar. Toda essa gente que convive com a gente, leva da gente o que a gente teme passa a ser gente dentro da gente. Um pedaço da gente em outro alguém.Meta, a gente busca. Caminho, a gente acha. Desafio, a gente enfrenta. Vida, a gente inventa. Saudade, a gente mata. Sonho, a gente realiza.E a gente canta, a gente dança, a gente não se cansa de ser criança; a gente brinca na nossa velha infãnciaSe der errado, a gente dá um jeito. Se quebrar, a gente conserta. Se bagunçar, a gente arruma. E se tudo acabar, a gente recomeça.E a gente canta, a gente dança , a gente não se cansa de ser criança; a gente brinca na nossa velha infânciaSão nos pequenos (mas grandiosos) gestos que a gente descobre quem gosta da gente de verdade.