Nenhum governo deve ser sem censores e onde a imprensa é livre, ninguém nunca vai. O acaso é o pseudônimo de Deus quando ele não quis assinar.


nenhum-governo-deve-ser-sem-censores-e-onde-a-imprensa-é-livre-ninguém-nunca-vai-o-acaso-é-o-pseudônimo-de-deus-quando-ele-não-quis-assinar
nenhumgovernodevesersemcensoresondeimprensalivreninguémnuncavaiacasopseudônimodedeusquandoelenãoquisassinarnenhum governogoverno devedeve serser semsem censorescensores ee ondeimprensa éé livreninguém nuncanunca vaio acasoacaso éo pseudônimopseudônimo dede deusdeus quandoquando eleele nãonão quisquis assinarnenhum governo devegoverno deve serdeve ser semser sem censoressem censores ecensores e ondeonde a imprensaa imprensa éimprensa é livreninguém nunca vaio acaso éacaso é oé o pseudônimoo pseudônimo depseudônimo de deusde deus quandodeus quando elequando ele nãoele não quisnão quis assinarnenhum governo deve sergoverno deve ser semdeve ser sem censoresser sem censores esem censores e ondee onde a imprensaonde a imprensa éa imprensa é livreo acaso é oacaso é o pseudônimoé o pseudônimo deo pseudônimo de deuspseudônimo de deus quandode deus quando eledeus quando ele nãoquando ele não quisele não quis assinarnenhum governo deve ser semgoverno deve ser sem censoresdeve ser sem censores eser sem censores e ondecensores e onde a imprensae onde a imprensa éonde a imprensa é livreo acaso é o pseudônimoacaso é o pseudônimo deé o pseudônimo de deuso pseudônimo de deus quandopseudônimo de deus quando elede deus quando ele nãodeus quando ele não quisquando ele não quis assinar

Nenhum governo deve ser sem censores e onde a imprensa é livre ninguém nunca vai.O acaso é o pseudônimo de Deus quando ele não quis assinarPossibilidade é talvez o pseudônimo de Deus quando ele não quis assinar.O acaso é, talvez, o pseudónimo de Deus, quando não quer assinar.Possibilidade é talvez o pseudônimo de Deus quando ele não quiser assinar sua obra.Os fundadores deram a imprensa livre a proteção que ele deve ter [a] nu os segredos do governo e informar as pessoas.