Não existe nada a não ser um mundo espiritual; o que chamamos de mundo dos sentidos é o mal no mundo do espírito, e o que chamamos de mal, apenas a necessidade de um instante na nossa eterna evolução.


não-existe-nada-a-não-ser-um-mundo-espiritual-o-chamamos-de-mundo-sentidos-é-o-mal-no-mundo-do-espírito-e-o-chamamos-de-mal-apenas-a
franz kafkanãoexistenadanãoserummundoespiritualchamamosdesentidosmalnodoespíritomalapenasnecessidadeinstantenanossaeternaevoluãonão existeexiste nadanão serser umum mundomundo espiritualque chamamoschamamos dede mundomundo dosdos sentidossentidos éo malmal nono mundomundo dodo espíritoque chamamoschamamos dede malnecessidade dede umum instanteinstante nana nossanossa eternaeterna evoluçãonão existe nadanada a nãoa não sernão ser umser um mundoum mundo espiritualo que chamamosque chamamos dechamamos de mundode mundo dosmundo dos sentidosdos sentidos ésentidos é oé o malo mal nomal no mundono mundo domundo do espíritoo que chamamosque chamamos dechamamos de malapenas a necessidadea necessidade denecessidade de umde um instanteum instante nainstante na nossana nossa eternanossa eterna evolução

O mal é uma irradiação da consciência humana em certas situações de transição. Não é propriamente o mundo sensorial que é aparência, mas o mal que carrega consigo e, seja como for, constitui o mundo dos sentidos para os nossos olhos.Tudo o que chamamos espírito e arte e êxtase significa apenas que por um instante terrível nos lembrarmos que esquecemos.Todo o conhecimento vem dos ou pelos sentidos; porém não sabemos quantos são os sentidos (quantos sentidos há). Sentidos chamamos nós àqueles dispositivos da mente pelos quais toma conhecimento (rece...Haveria muito menos mal no mundo, se o mal não pudesse ser feito sob a aparência do bemHaveria muito menos mal no mundo, se o mal não pudesse ser feito sob a aparência do bem.A crença de que existe apenas uma verdade, e que a si mesmo é na sua posse, é a raiz de todo o mal no mundo