Há quem continue a procurar um Deus porque ainda não apagámos totalmente o medo, nem eliminámos a morte.


há-quem-continue-a-procurar-um-deus-porque-ainda-não-apagámos-totalmente-o-medo-nem-eliminámos-a-morte
josé de sousa saramagohquemcontinueprocurarumdeusporqueaindanãoapagmostotalmentemedonemeliminmosmortehá quemquem continueprocurar umum deusdeus porqueporque aindaainda nãonão apagámosapagámos totalmentetotalmente oo medonem eliminámoshá quem continuecontinue a procurara procurar umprocurar um deusum deus porquedeus porque aindaporque ainda nãoainda não apagámosnão apagámos totalmenteapagámos totalmente ototalmente o medoeliminámos a mortequem continue a procurarcontinue a procurar uma procurar um deusprocurar um deus porqueum deus porque aindadeus porque ainda nãoporque ainda não apagámosainda não apagámos totalmentenão apagámos totalmente oapagámos totalmente o medonem eliminámos a mortehá quem continue a procurarquem continue a procurar umcontinue a procurar um deusa procurar um deus porqueprocurar um deus porque aindaum deus porque ainda nãodeus porque ainda não apagámosporque ainda não apagámos totalmenteainda não apagámos totalmente onão apagámos totalmente o medo

Deus e a morte são as duas faces da mesma moeda. Não podem passar um sem outro. Sem morte não haveria Deus, porque não o inventariam. Mas sem Deus não haveria morte, porque Deus tinha de fazer a vida finita.A morte não nos diz respeito nem mortos nem vivos: vivos, porque ainda o estamos, mortos, porque já não existimos.O medo da morte segue do medo da vida. Um homem que vive totalmente está preparado para morrer a qualquer momento.O medo da morte é o mais injustificado de todos os medos, porque não há qualquer risco de acidente para quem está morto.O homem não tem poder sobre nada enquanto tem medo da morte. E quem não tem medo da morte possui tudo.A morte não afeta a vida porque não aconteceu ainda. Morte não diz respeito aos mortos, porque eles deixaram de existir.