Existem momentos na vida da gente, em que as palavras perdem o sentido ou parecem inúteis, e, por mais que a gente pense numa forma de empregá-las elas parecem não servir. Então a gente não diz, apenas sente.


existem-momentos-na-vida-da-gente-em-as-palavras-perdem-o-sentido-parecem-inúteis-e-por-a-gente-pense-numa-forma-de-empregá-las-elas-parecem
sigmund freudexistemmomentosnavidadagenteemaspalavrasperdemsentidopareceminúteisporgentepensenumaformadeempreglaselasnãoservirentãodizapenassenteexistem momentosmomentos nana vidavida dada genteem queque asas palavraspalavras perdemperdem oo sentidosentido ouou parecemparecem inúteisgente pensepense numanuma formaforma deelas parecemparecem nãonão servirgente nãonão dizapenas senteexistem momentos namomentos na vidana vida davida da genteem que asque as palavrasas palavras perdempalavras perdem operdem o sentidoo sentido ousentido ou parecemou parecem inúteispor mais queque a gentea gente pensegente pense numapense numa formanuma forma deelas parecem nãoparecem não servirentão a gentea gente nãogente não diz

Tem gente que sente o que a gente sente e passa isto docemente. Tem gente que vive como a gente vive, tem gente que fala e nos olha na face, tem gente que cala e nos faz olhar. Toda essa gente que convive com a gente, leva da gente o que a gente teme passa a ser gente dentro da gente. Um pedaço da gente em outro alguém.Meta, a gente busca. Caminho, a gente acha. Desafio, a gente enfrenta. Vida, a gente inventa. Saudade, a gente mata. Sonho, a gente realiza.Todo caminho da gente é resvaloso.Mas também, cair não prejudica demaisA gente levanta, a gente sobe, a gente volta!O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim:Esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa,Sossega e depois desinquieta.O que ela quer da gente é coragem.Ser capaz de ficar alegre e mais alegre no meio da alegria,E ainda maisIsto às vezes é tremendo porque a gente quer exprimir sentimentos em relação a pessoas e as palavras são gastas e poucas. E depois aquilo que a gente sente é tão mais forte que as palavras...O que a gente gosta, a gente guarda. Quem ama a gente, a gente cuida. E pro resto a gente mostra a língua.E a gente canta, a gente dança , a gente não se cansa de ser criança; a gente brinca na nossa velha infância