Eu ainda tenho sentimentos por você. E não importa quantas vezes eu digo a mim mesmo que eu sou melhor sem você, uma parte de mim só não vai deixar ir.


eu-ainda-tenho-sentimentos-por-você-e-não-importa-quantas-vezes-digo-a-mim-mesmo-sou-melhor-sem-você-uma-parte-de-mim-só-não-vai-deixar-ir
aindatenhosentimentosporvocênãoimportaquantasvezesdigomimmesmosoumelhorsemvocêumapartedevaideixarireu aindaainda tenhotenho sentimentossentimentos pore nãonão importaimporta quantasquantas vezesvezes eueu digomim mesmomesmo queeu sousou melhorsem vocêuma parteparte dede mimmim sósó nãonão vaivai deixardeixar ireu ainda tenhoainda tenho sentimentostenho sentimentos porsentimentos por vocêe não importanão importa quantasimporta quantas vezesquantas vezes euvezes eu digodigo a mima mim mesmomim mesmo quemesmo que euque eu soueu sou melhorsou melhor semmelhor sem vocêuma parte departe de mimde mim sómim só nãosó não vainão vai deixarvai deixar ir

Não importa quantas vezes eu quebrar, há sempre um pequeno pedaço de mim que diz; Não, você não está feito ainda. Get back up!Não importa quantas vezes eu dizer-lhe que ela vai quebrar seu coração, ou quantas vezes ela faz isso, você nunca vai desistir, Por que você pergunta... porque você a ama?.Sou egoísta? Serei, mas como eu sou sincera! No Mundo, passo por todos, vendo alguns; na vida, esqueço-me de quase todos, esquecendo-me de mim. Quase tudo me é indiferente. Aqueles com quem lido dão-me às vezes a ideia de sombras, de fantasmas, de manequins, não me parecem iguais a mim, e tenho às vezes a impressão de que toda essa gente que passa por mim nas ruas, vai desaparecer como figurantes de mágicas.Não importa quantas vezes eu digo que eu estou recebendo mais de você... Eu não sou. Para ser honesto... Eu provavelmente nunca seráTodo o homem é diferente de mim e único no Universo; não sou eu, por conseguinte, quem tem de reflectir por ele, não sou eu quem sabe o que é melhor para ele, não sou quem tem de lhe traçar o caminho; com ele só tenho o direito, que é ao mesmo tempo um dever: o de ajudar a ser ele próprio; como o dever essencial que tenho comigo é o de ser o que sou, por muito incómodo que tal seja, e tem sido, para mim mesmo e para os outros.Preciso de alguém que não vai desistir de mim, não importa quantas vezes eu asneira.