Com a chuva, parece que quanto mais se olha para as nuvens, menos elas parecem dispostas a mandar alguma pinguinha de água. É assim com a maior parte das coisas. É quando a gente se esquece que, de repente...


com-a-chuva-parece-quanto-se-olha-para-as-nuvens-menos-elas-parecem-dispostas-a-mandar-alguma-pinguinha-de-água-É-assim-com-a-maior-parte-das
josé luís peixotocomchuvaparecequantoseolhaparaasnuvensmenoselasparecemdispostasmandaralgumapinguinhadeguaassimcommaiorpartedascoisasquandogenteesquecerepenteparece queque quantoquanto maismais sese olhaolha parapara asas nuvensmenos elaselas parecemparecem dispostasmandar algumaalguma pinguinhapinguinha dede águaÉ assimassim comparte dasdas coisasÉ quandogente sese esqueceesquece quede repentecom a chuvaparece que quantoque quanto maisquanto mais semais se olhase olha paraolha para aspara as nuvensmenos elas parecemelas parecem dispostasdispostas a mandara mandar algumamandar alguma pinguinhaalguma pinguinha depinguinha de águaÉ assim comcom a maiora maior partemaior parte dasparte das coisasquando a gentea gente segente se esquecese esquece que

Sonho parece verdade quando a gente esquece de acordar. E o dia parece metade quando a gente acorda e esquece de levantar. Ah e o mundo é perfeito, mas o mundo é perfeito, e o mundo é perfeitoExistem momentos na vida da gente, em que as palavras perdem o sentido ou parecem inúteis, e, por mais que a gente pense numa forma de empregá-las elas parecem não servir. Então a gente não diz, apenas sente.Se eu tivesse saúde e dinheiro e andasse, como elas andam, a aparecer em toda a parte e a receber em suas casas toda a gente de influência nos jornais, já falavam de mim porque isto é assim: quem não aparece, esquece.Quanto mais coisas a gente faz, mais tempo tem para fazê-las; quanto menos coisas faz, menos tempo tem. Os ociosos nunca têm um minuto para si mesmos.Eu posso ver o lado humorístico das coisas e desfrutar da diversão quando se trata, mas olha onde eu vou, não me parece sempre mais tristeza do que alegria na vida.Nem sempre estar apaixonado é bom. A maior parte das paixões toma conta da vontade e assume o controlo do sentir e do pensar. Promete a maior das libertações, mas escraviza quem desiste de si mesmo e a elas se submete.