A vida do homem divide-se em cinco períodos: infância, adolescência, mocidade, virilidade e velhice. No primeiro período o homem ama a mulher como mãe; no segundo, como irmã; no terceiro, como amante; no quarto, como esposa; no quinto, como filha.


a-vida-do-homem-divide-se-em-cinco-períodos-infância-adolescência-mocidade-virilidade-e-velhice-no-primeiro-período-o-homem-ama-a-mulher-como
pierre joseph proudhonvidadohomemdivideseemcincoperíodosinfânciaadolescênciamocidadevirilidadevelhicenoprimeiroperíodoamamulhercomomãenosegundoirmãterceiroamantequartoesposaquintofilhavida dodo homemem cincocinco períodosvirilidade ee velhiceno primeiroprimeiro períodoperíodo oo homemhomem amamulher comocomo mãeno segundocomo irmãno terceirocomo amanteno quartocomo esposano quintocomo filhaa vida dovida do homemem cinco períodosvirilidade e velhiceno primeiro períodoprimeiro período operíodo o homemo homem amaama a mulhera mulher comomulher como mãe

Um amor bem verdadeiro, uma vida bem íntima com uma mulher, a quem se queira como amante, que se estime como irmã, que se venere com mãe, que se proteja como filha, é evidentemente o destino mais natural ao homem, o complemento da sua missão na terra.Um verdadeiro amigo se preocupa como uma mãe, xinga como um pai, brinca como uma irmã, irrita como um irmão e ama mais do que um amante.Ann Romney faz todas as mulheres orgulhosos pela forma como ela conduziu sua vida como uma mulher forte e de fé, como mãe, como esposa e como um verdadeiro patriota.Protegê-la como uma filha, amá-la como uma esposa, respeitá-la como sua mãeUm homem rouba o primeiro beijo, implora o segundo, exige o terceiro, recebe o quarto, aceita o quinto, e suporta os restantes.O homem é o ímpeto, a mulher é a continuidade que, na sua fraqueza, vence como a gota de água: pela persistência. O homem investe arrebatadamente como Ájax; a mulher insinua-se como Dalila. O homem apunhala; a mulher envenena. O homem é impaciente, a mulher espera.