A paz. Procura-a. Mas uma paz que te trespasse todo e não a que te descanse apenas a superfície como a um pedinte que dorme num banco de jardim.


a-paz-procura-a-mas-uma-paz-te-trespasse-todo-e-não-a-te-descanse-apenas-a-superfície-como-a-um-pedinte-dorme-num-banco-de-jardim
vergílio ferreirapazprocuraamasumapaztetrespassetodonãodescanseapenassuperfíciecomoumpedintedormenumbancodejardimmas umauma pazpaz queque tete trespassetrespasse todotodo ee nãoque tete descansedescanse apenassuperfície comoum pedintepedinte queque dormedorme numnum bancobanco dede jardimmas uma pazuma paz quepaz que teque te trespassete trespasse todotrespasse todo etodo e nãonão a quea que teque te descansete descanse apenasapenas a superfíciea superfície comocomo a uma um pedinteum pedinte quepedinte que dormeque dorme numdorme num banconum banco debanco de jardimmas uma paz queuma paz que tepaz que te trespasseque te trespasse todote trespasse todo etrespasse todo e nãoe não a quenão a que tea que te descanseque te descanse apenasdescanse apenas a superfícieapenas a superfície comosuperfície como a umcomo a um pedintea um pedinte queum pedinte que dormepedinte que dorme numque dorme num bancodorme num banco denum banco de jardimmas uma paz que teuma paz que te trespassepaz que te trespasse todoque te trespasse todo ete trespasse todo e nãotodo e não a quee não a que tenão a que te descansea que te descanse apenaste descanse apenas a superfíciedescanse apenas a superfície comoa superfície como a umsuperfície como a um pedintecomo a um pedinte quea um pedinte que dormeum pedinte que dorme numpedinte que dorme num bancoque dorme num banco dedorme num banco de jardim

Aquela paz que está dentro de nós, temos de experimentar. E se estamos à procura de paz exterior nunca vai encontrar a paz interior.A paz não é um estado primitivo paradisíaco, nem uma forma de convivência regulada pelo acordo. A paz é algo que não conhecemos, que apenas buscamos e imaginamos. A paz é um ideal.Uma paz diplomática ainda não é a verdadeira paz. É um passo essencial no processo de paz conducente a uma paz real.Caro Senhor imploramos mas uma benção mais:. Paz nos corações de todos os homens vivos, a paz em todo o mundo esta ação de graçasA paz é mais importante do que toda a justiça ea paz não foi feita por uma questão de justiça, mas a justiça em prol da paz.Esta expressão «Leitura», há cem anos, sugeria logo a imagem de uma livraria silenciosa, com bustos de Platão e de Séneca, uma ampla poltrona almofadada, uma janela aberta sobre os aromas de um jardim: e neste retiro austero de paz estudiosa, um homem fino, erudito, saboreando linha a linha o seu livro, num recolhimento quase amoroso. A ideia da leitura, hoje, lembra apenas uma turba folheando páginas à pressa, no rumor de uma praça.