A nossa própria força como lésbicas reside no fato de que estamos fora do patriarcado nossa existência desafia a sua vida.


a-nossa-própria-for-como-lésbicas-reside-no-fato-de-estamos-fora-do-patriarcado-nossa-existência-desafia-a-sua-vida
nossaprópriaforacomolésbicasresidenofatodeestamosforadopatriarcadoexistênciadesafiasuavidanossa própriaprópria forçaforça comocomo lésbicaslésbicas residereside nono fatofato dede queque estamosestamos forafora dodo patriarcadopatriarcado nossanossa existênciaexistência desafiasua vidaa nossa próprianossa própria forçaprópria força comoforça como lésbicascomo lésbicas residelésbicas reside noreside no fatono fato defato de quede que estamosque estamos foraestamos fora dofora do patriarcadodo patriarcado nossapatriarcado nossa existêncianossa existência desafiadesafia a suaa sua vidaa nossa própria forçanossa própria força comoprópria força como lésbicasforça como lésbicas residecomo lésbicas reside nolésbicas reside no fatoreside no fato deno fato de quefato de que estamosde que estamos foraque estamos fora doestamos fora do patriarcadofora do patriarcado nossado patriarcado nossa existênciapatriarcado nossa existência desafiaexistência desafia a suadesafia a sua vidaa nossa própria força comonossa própria força como lésbicasprópria força como lésbicas resideforça como lésbicas reside nocomo lésbicas reside no fatolésbicas reside no fato dereside no fato de queno fato de que estamosfato de que estamos forade que estamos fora doque estamos fora do patriarcadoestamos fora do patriarcado nossafora do patriarcado nossa existênciado patriarcado nossa existência desafianossa existência desafia a suaexistência desafia a sua vida

A arte desafia a derrota pela sua própria existência, representando a celebração da vida, apesar de todas as tentativas para degradá-la e destruí-la.O inimigo está dentro dos portões; é com nossa própria luxo, a nossa própria loucura, nossa própria criminalidade que temos de lutarNossa vida é um teste, e nossa coragem é a nossa força para esperar o melhor e se preparar para o pior.Estamos envolvidos em uma vida que ultrapassa a compreensão e nossa maior negócio é a nossa vida diária.É preciso aprender a viver. A qualidade da nossa existência depende de um equilíbrio fundamental na nossa relação com o mundo: apego e desapego. Nesta vida, a ponderação, a proporção e a subtileza sã...Nossa maior força reside na mansidão e ternura do nosso coração.