A história nos adverte que é o destino habitual de novas verdades para começar como heresias e acabar como superstições.


a-história-nos-adverte-é-o-destino-habitual-de-novas-verdades-para-começar-como-heresias-e-acabar-como-superstições
histórianosadvertedestinohabitualdenovasverdadesparacomearcomoheresiasacabarsuperstiõeshistória nosnos adverteadverte queo destinodestino habitualhabitual dede novasnovas verdadesverdades parapara começarcomeçar comocomo heresiasheresias ee acabaracabar comocomo superstiçõesa história noshistória nos advertenos adverte queadverte que éé o destinoo destino habitualdestino habitual dehabitual de novasde novas verdadesnovas verdades paraverdades para começarpara começar comocomeçar como heresiascomo heresias eheresias e acabare acabar comoacabar como superstiçõesa história nos advertehistória nos adverte quenos adverte que éadverte que é oque é o destinoé o destino habitualo destino habitual dedestino habitual de novashabitual de novas verdadesde novas verdades paranovas verdades para começarverdades para começar comopara começar como heresiascomeçar como heresias ecomo heresias e acabarheresias e acabar comoe acabar como superstiçõesa história nos adverte quehistória nos adverte que énos adverte que é oadverte que é o destinoque é o destino habitualé o destino habitual deo destino habitual de novasdestino habitual de novas verdadeshabitual de novas verdades parade novas verdades para começarnovas verdades para começar comoverdades para começar como heresiaspara começar como heresias ecomeçar como heresias e acabarcomo heresias e acabar comoheresias e acabar como superstições

O destino normal das novas verdades é começar como heresias e terminar como superstições. -Thomas Henry Huxley
o-destino-normal-das-novas-verdades-é-começar-como-heresias-e-terminar-como-superstições
O destino normal das novas verdades é começar como heresias e terminar como superstiçãµes. -Thomas Huxley
o-destino-normal-das-novas-verdades-é-começar-como-heresias-e-terminar-como-superstiçãµes
Assim como a dor de ser queimado é o que nos alerta para remover a mão do fogo, dor emocional nos adverte que precisamos fazer uma mudança interna.
assim-como-a-dor-de-ser-queimado-é-o-nos-alerta-para-remover-a-mão-do-fogo-dor-emocional-nos-adverte-precisamos-fazer-uma-mudan-interna
O amor é como uma guerra:. Fácil para começar, mas difícil de acabar
o-amor-é-como-uma-guerra-fácil-para-começar-mas-difícil-de-acabar
O amor é como uma guerra! Isso é fácil de começar, mas difícil de acabar! -Nkemjika Linus
o-amor-é-como-uma-guerra-isso-é-fácil-de-começar-mas-difícil-de-acabar