A arte de saber descer até aos mais pequenos é o mais seguro meio para se igualar com os grandes


a-arte-de-saber-descer-até-aos-pequenos-é-o-seguro-meio-para-se-igualar-com-os-grandes
artedesaberdesceratéaospequenosseguromeioparaseigualarcomosgrandesarte dede sabersaber descerdescer atéaté aosaos maismais pequenospequenos émais seguroseguro meiomeio parapara sese igualarigualar comcom osos grandesa arte dearte de saberde saber descersaber descer atédescer até aosaté aos maisaos mais pequenosmais pequenos épequenos é oo mais seguromais seguro meioseguro meio parameio para separa se igualarse igualar comigualar com oscom os grandesa arte de saberarte de saber descerde saber descer atésaber descer até aosdescer até aos maisaté aos mais pequenosaos mais pequenos émais pequenos é opequenos é o maisé o mais seguroo mais seguro meiomais seguro meio paraseguro meio para semeio para se igualarpara se igualar comse igualar com osigualar com os grandesa arte de saber descerarte de saber descer atéde saber descer até aossaber descer até aos maisdescer até aos mais pequenosaté aos mais pequenos éaos mais pequenos é omais pequenos é o maispequenos é o mais seguroé o mais seguro meioo mais seguro meio paramais seguro meio para seseguro meio para se igualarmeio para se igualar compara se igualar com osse igualar com os grandes

O meio mais seguro de ocultarmos aos outros os limites do nosso saber é nunca os ultrapassar.Não existe meio mais seguro para fugir do mundo do que a arte, e não há forma mais segura de se unir a ele do que a arte.Todos aqueles que procuram destruir as liberdades de uma nação democrática deveria saber que a guerra é o meio mais seguro e mais curto para realizá-lo.Não existe um método mais seguro de fugir do mundo do que seguindo Arte e nenhum método mais seguro de ligar-se a ele do que pelo art.Os lugares de chefia fazem maiores os grandes homens, e mais pequenos os homens pequenos.Fomos grandes, e agora somos pequenos. Ainda não nos podemos acostumar a ser pequenos, e no meio da nossa miséria ainda queremos ostentar um luxo que provoca o escárneo. Desenganemo-nos, não vivamos de ilusões; olhemos para a realidade, e seja este o nosso ponto de partida.