A ciência realmente só tem alcançado tornar mais intensa e forte uma certeza: - a velha certeza socrática da nossa irreparável ignorância. De cada vez sabemos mais - que não sabemos nada.


a-ência-realmente-só-tem-alcançado-tornar-intensa-e-forte-uma-certeza-a-velha-certeza-socrática-da-nossa-irreparável-ignorância-de-cada-vez
eça de queirósciênciarealmentetemalcanadotornarintensaforteumacertezavelhacertezasocrticadanossairreparvelignorânciadecadavezsabemosnãonadaciência realmenterealmente sósó temtem alcançadoalcançado tornartornar maismais intensaintensa ee forteforte umauma certezavelha certezacerteza socráticasocrática dada nossanossa irreparávelirreparável ignorânciade cadacada vezvez sabemossabemos maisque nãonão sabemossabemos nadaa ciência realmenteciência realmente sórealmente só temsó tem alcançadotem alcançado tornaralcançado tornar maistornar mais intensamais intensa eintensa e fortee forte umaforte uma certezaa velhaa velha certezavelha certeza socráticacerteza socrática dasocrática da nossada nossa irreparávelnossa irreparável ignorânciade cada vezcada vez sabemosvez sabemos maissabemos maisque nãoque não sabemosnão sabemos nada

Nossa ignorância é Deus; o que sabemos é ciência.A ciência já explicou nada quanto mais sabemos, mais fantástica do mundo se torna e mais profunda escuridão circundante.A interpretação da nossa realidade através de padrões que não são nossas, serve apenas para nos tornar cada vez mais desconhecidos, cada vez menos livres, cada vez mais solitário.O nosso é um mundo de gigantes nucleares e lactentes éticos. Sabemos mais sobre a guerra que sabemos sobre a paz, mais sobre matar o que sabemos sobre a vida.Sabemos mais sobre guerra do que nós sabemos sobre a paz, mais sobre matar do que sabemos sobre a vida.Não queiras reformar nada, porque, como não sabemos a que leis as coisas obedecem, não sabemos se as leis naturais estão de acordo, ou com a justiça, ou, pelo menos, com a nossa ideia de justiça.