É nas decisões fúteis, das quais nem a vida nem o estado de espírito depende, que reside a felicidade. São estes os dias felizes, que Beckett invoca e amaldiçoa, por terem passado, na peça q...


É-nas-decisões-fúteis-das-quais-nem-a-vida-nem-o-estado-de-espírito-depende-reside-a-felicidade-são-estes-os-dias-felizes-beckett-invoca-e
miguel esteves cardosonasdecisõesfúteisdasquaisnemvidaestadodeespíritodependeresidefelicidadesãoestesosdiasfelizesbeckettinvocaamaldioaporterempassadonapeaÉ nasnas decisõesdecisões fúteisdas quaisquais nemvida nemnem oo estadoestado dede espíritoespírito dependeque residesão estesestes osos diasdias felizesque beckettbeckett invocainvoca ee amaldiçoaterem passadona peçapeça qÉ nas decisõesnas decisões fúteisdas quais nemnem a vidaa vida nemvida nem onem o estadoo estado deestado de espíritode espírito dependereside a felicidadesão estes osestes os diasos dias felizesque beckett invocabeckett invoca einvoca e amaldiçoapor terem passadona peça q

Nem no ar, nem nas profundezas do oceano, nem nas cavernas das montanhas, em nenhum lugar do mundo nos podemos abrigar do resultado do mal praticado.Há um limbo das perdida através dos quais os homens americanos de uma certa idade e estado quase inevitavelmente deve passar estes dias.As intenções nem existem. Nem o próprio é capaz de saber o que o move. Quase sempre não fazemos a mínima ideia de quais são as nossas intenções até executarmos essas intenções que nem sabíamos quais eram.A felicidade não reside nas posses e nem em ouro, ela mora na alma.A filosofia que cultivo não é nem tão bárbara nem tão inacessível que rejeite as paixãµes; pelo contrário, é só nelas que reside a doçura e felicidade da vida.A filosofia que cultivo não é nem tão bárbara nem tão inacessível que rejeite as paixões; pelo contrário é só nelas que reside a doçura e felicidade da vida.