Citações Caio Valério Catulo

Citações Caio Valério Catulo: Não há nada mais estúpido do que um sorriso estúpido. -Caio Valério Catulo


Citações Caio Valério Catulo: O santo poeta deve ser casto, quanto aos versos, não é necessário que o sejam. -Caio Valério Catulo


o-santo-poeta-deve-ser-casto-quanto-aos-versos-não-é-necessário-o-sejam
Citações Caio Valério Catulo: Viva no tempo por mais de uma geração. -Caio Valério Catulo


Citações Caio Valério Catulo: O sol pode-se pôr e renascer; para nós, quando a breve luz se apaga, resta uma única eterna noite para dormir. -Caio Valério Catulo


o-sol-pode-se-pôr-e-renascer-para-nós-quando-a-breve-luz-se-apaga-resta-uma-única-eterna-noite-para-dormir
Citações Caio Valério Catulo: Odeio e amo. Porque o faço, talvez perguntes. Não sei. Mas sinto que é assim, e sofro com isso. -Caio Valério Catulo


odeio-e-amo-porque-o-faço-talvez-perguntes-não-sei-mas-sinto-é-assim-e-sofro-com-isso
Citações Caio Valério Catulo: Os homens são infiéis na maioria. Nenhum existe, no qual possam confiar as mulheres; nenhum que não as engane ou que não esteja para enganá-las. -Caio Valério Catulo


os-homens-são-infiéis-na-maioria-nenhum-existe-no-qual-possam-confiar-as-mulheres-nenhum-não-as-engane-não-esteja-para-enganá-las
Citações Caio Valério Catulo: A quem darei o novo, espirituoso libreto ainda há pouco polido com pedra-pomes seca? Cornélio, a ti, que costumavas não julgar mal as minhas tolices. -Caio Valério Catulo


a-quem-darei-o-novo-espirituoso-libreto-ainda-há-pouco-polido-com-pedra-pomes-seca-cornélio-a-ti-costumavas-não-julgar-mal-as-minhas-tolices
Citações Caio Valério Catulo: O que uma mulher diz ao seu amante, escreve-o na brisa e na água que corre. -Caio Valério Catulo


o-uma-mulher-diz-ao-seu-amante-escreve-o-na-brisa-e-na-água-corre
Citações Caio Valério Catulo: É difícil abandonar de repente um longo amor. -Caio Valério Catulo


É-difícil-abandonar-de-repente-um-longo-amor
Citações Caio Valério Catulo: Se eu não te amasse mais do que os meus próprios olhos, agradabilíssimo Calvo, por esta oferta te odiaria com um ódio digno de Vatínio. -Caio Valério Catulo


se-não-te-amasse-do-os-meus-próprios-olhos-agradabilíssimo-calvo-por-esta-oferta-te-odiaria-com-um-ódio-digno-de-vatínio
Citações Caio Valério Catulo: A quem darei o novo, espirituoso libreto / ainda há pouco polido com pedra-pomes seca? / Cornélio, a ti, que costumavas / não julgar mal as minhas tolices. -Caio Catulo


a-quem-darei-o-novo-espirituoso-libreto-ainda-há-pouco-polido-com-pedra-pomes-seca-cornélio-a-ti-costumavas-não-julgar-mal-as-minhas-tolices
Citações Caio Valério Catulo: O sol pode-se pôr e renascer; / para nós, quando a breve luz se apaga, / resta uma única eterna noite para dormir. -Caio Catulo


o-sol-pode-se-pôr-e-renascer-para-nós-quando-a-breve-luz-se-apaga-resta-uma-única-eterna-noite-para-dormir
Citações Caio Valério Catulo: O santo poeta deve ser casto, / quanto aos versos, não é necessário que o sejam. -Caio Catulo


o-santo-poeta-deve-ser-casto-quanto-aos-versos-não-é-necessário-o-sejam
Citações Caio Valério Catulo: Encontre o seu verdadeiro público - Nem todo mundo vai obtê-lo e isso é bom, ele mantém você ser fiel a si mesmo -Paul Valerio


encontre-o-seu-verdadeiro-público-nem-todo-mundo-vai-obtê-lo-e-isso-é-bom-ele-mantém-você-ser-fiel-a-mesmo
Citações Caio Valério Catulo: O nome de Roberto Marques foi indicado por Delúbio Soares (). Posteriormente, Delúbio solicitou que o nome fosse substituído pelo de Luiz Carlos Mazano. -Marcos Valério


o-nome-de-roberto-marques-foi-indicado-por-delúbio-soares-posteriormente-delúbio-solicitou-o-nome-fosse-substituído-pelo-de-luiz-carlos-mazano
Citações Caio Valério Catulo: Não tenho nada de que possa culpar minha velhice. -Valério Máximo


Citações Caio Valério Catulo: O que uma mulher diz a seu amante ávido deve ser escrito de vento e água corrente. -Catulo


o-uma-mulher-diz-a-seu-amante-ávido-deve-ser-escrito-de-vento-e-água-corrente
Citações Caio Valério Catulo: Odeio e amo. Talvez me perguntes por quê? Não sei mas sinto que é assim, e sofro. -Catulo


odeio-e-amo-talvez-me-perguntes-por-quê-não-sei-mas-sinto-é-assim-e-sofro